Quarta-feira, 30 de Abril de 2008

la vendetta (depilada para arrasar)

acordei e levantei-me ainda faltavam uns 20 minutos para o despertador tocar e freneticamente comecei a preparar o meu saco do ginásio. nunca antes me tinha levantado tão cedo para coisa alguma, muito menos para ir ao ginásio, mas hoje era o dia “d” e nada podia falhar.

preparei tudo de forma a encontrar-me com as cinquentonas esposas de senhores doutores no health club, como elas dizem quando falam umas com as outras. sai de casa com quase 30 minutos de avanço.

chegada ao ginásio olhei em volta à procura dos bm’s e mercedes que elas tanto gostam de ostentar, ao fundo do parque mesmo junto à porta vi 2, tudo estava a correr como previsto.

acho que nunca fiz o meu exercício com tanta genica acho mesmo que até fiz mais do que devia mas as “velhotas” são lentas e eu tinha que me entreter enquanto esperava por elas ;)

terminaram e lá foram elas a caminho do balneário, segui-as mas à distância, não queria que me topassem. estrategicamente acabei o banho turco mais cedo (coisa que muito me custou) e adiantei-me no chuveiro, preparei tudo ao segundo.

quando finalmente saíram do banho turco encontraram a mim já enroscada na toalha a limpar-me olharam-me pelo canto do olho e seguiram para os seus lugares, não fiquei satisfeita, afinal tanto esforço e dedicação para apenas um olhar desprezível. num daqueles meus acessos de fúria saquei da toalha e passeei-me por ali mesmo, nua e crua, quase como vim ao mundo ;) parei em frente ao espelho para admirar a “obra de arte”, realmente, o aspecto era muito interessante, através do espelho percebi agora sim que me olhavam de verdade – tomem lá disto! – pensei eu enquanto fingia pentear o cabelo, voltei a desfilar até ao meu lugar e desta vez cara-a-cara com elas rematando a cena vestindo as cuequinhas mais pequeninas que tenho, fio-dental, claro está, uma prenda de um “amigo” de outros tempos que era muito dado a essas coisas e que raramente visto no dia-a-dia, aliás, acho que era mesmo a segunda ou terceira vez apenas que as vestia.

vingança cumprida e com requintes de alguma malvadez, sou assim mesmo quando me “estala o verniz”.

sinto-me: diabólica
banda sonora: shakira - pure intuition
publicado por diariodeumamulhermadura às 09:12

link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

perfil

Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

la vendetta (depilada par...

arquivos

Julho 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

pesquisar

 

segredos do diário

blogs SAPO

subscrever feeds