Segunda-feira, 19 de Julho de 2010

quando até o porno corre mal

 

enviaram-me há dias por e-mail uma série de pequenos clipes de vídeos pornográficos “made in brasil” ou, pelo menos, com interpretes brasileiros na sequencia de uma conversa que tinha tido com essa pessoa acerca da facilidade em produzir um filme porno (pensava eu).

a colectânea servia para me mostrar que realmente, há pessoas mesmo sem jeito nenhum, ou como comentava essa pessoa em bom português – “há gente que nem foder sabe!”. ao ler a frase pensei, se tu soubesses que há tanta mas tanta gente assim e pior que nem sabe disso…

adiante, os tais clipes mostravam parte de um filme e passo a explicar o rol de estupidezes que ele continha:

 

take 1 – uma menina tentava a muito custo ser penetrada no rabinho por um rapagão, a muito custo ou a muito medo, não percebi bem. o que acontece é que ela estava por cima dele e apoiada com os pés nas coxas dele (má ideia) o que no meio do receio que ele se esticasse e metesse mais do que a cabecinha (que devia ser o acordado em contrato) ela escorrega e então é que foi todo e de uma só estocada;

 

take 2 – nitidamente o rapagão não se controlou numa das cenas e veio-se fora de tempo facto que em vez de ser cortado na cena antes ficou assim a meio com a garota com cara de poucos amigos e ele apertando o membro;

 

take 3 – cena final, empolgado, arranca o preservativo, fisgando os dentes com aparelho da moça no processo e seguidamente e com esta de boca bem aberta, solta dois potentes jactos, destino 1 – olho direito; destino 2 – dentro de uma narina;

 

take 4 – para finalizar tamanha parvoíce, mais cómica que pornográfica, a moça ainda tentou fazer umas flores com o restante do que não lhe subiu pelos olhos ou nariz e, ao querer engolir o dito néctar… ela fez caretas, ela puxou o vómito, ela mudou de cor, escondeu a cara da câmara, tudo o que possam imaginar no capitulo do que não se deve fazer e, após conseguir a tamanho custo o feito fez uma cara de tigresa para a câmara como se nós não tivéssemos assistido ao resto, perfeitamente ridículo.

 

razão para dizer mesmo, estes, nem foder sabem!

publicado por diariodeumamulhermadura às 11:18

link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito

perfil

Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

quando até o porno corre ...

arquivos

Julho 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

pesquisar

 

segredos do diário

blogs SAPO

subscrever feeds