Sexta-feira, 10 de Julho de 2009

aí estão novas revelações

 

 decidi terminar hoje mais uma “dúvida existencial”, e os resultados foram:

 

 resultados de mais uma "dúvida"

aqui ficam então as opiniões de quem sabe, as leitoras do diário (talvez com uns deditos masculinos ali pelo meio, mas, e a julgar pelos resultados, convenhamos, ficam sempre bem) ;)

 

 

beijinhos

 

mm

 

sinto-me: esclarecida
publicado por diariodeumamulhermadura às 09:53

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 18 de Junho de 2009

mini-férias escaldantes – quinta-feira (a noite)

depois do jantar a moleza própria dos ambientes de praia e relax instalou-se e não demorou muito até que fossemos dormir. talvez por ter ido dormir tão cedo, o que não é nada habitual no meu dia-a-dia, acordei a meio da noite, procurei o telemóvel e vi que pouco passava das 2 horas da madrugada, levantei-me e meio às apalpadelas dirigi-me ao quarto de banho usando o telemóvel como lanterna para não tropeçar em nada já que o espaço me era desconhecido assim na escuridão da noite.

ao sair da porta do quarto deparo-me com um cenário de todo inesperado, a porta do quarto da “su” e do namorado estava entreaberta e de lá surgiam uma vez mais alguns ruídos e muitos gemidos – estes gajos não param – pensei. pelo que parece sou a única cansada com o dia de ontem. tentar passar com extremo cuidado para não fazer qualquer barulho, mas, ao passar pela porta não resisti a “deitar o olho” para dentro do quarto, estavam mesmo no “bem bom” enroscados um no outro, passei o mais rapidamente que pude e fui ao quarto de banho. na volta, o impulso foi novamente mais forte do que eu, e apesar de ter a perfeita consciência da invasão de privacidade que estava a perpetrar não resisti novamente a ver o que passava, continuavam em “plena acção”, com o namorado por cima dela na chamada “posição do missionário” e, por mais radicais ou inovadores que sejamos, quem não gosta de uma bela “posição do missionário”?

de repente, um impulso, ainda mais “violador da privacidade” alheia, mas fazer o quê, sou assim mesmo, peguei no telemóvel e coloquei –o no modo “sem som”, liguei a função de camera e tentando manter-me o mais firme possível carreguei na tecla para disparar da forma mais silenciosa possível, o resultado, muito mau, diria mesmo que péssimo e quase imperceptível mas levei alegre e satisfeita aquele “recuerdo” para o meu quarto, tinha acabado de fazer uma foto dos 2 em “pleno acto” e sem que eles fizessem a menor ideia disso e isso tinha tanto de ilegal como de excitante.

não, não fiz nada disso que estão a pensar, apesar da excitação que me deu aquele momento de voyeurismo não me masturbei nem usei a dita foto para outras viagens na imaginação. só pensava numa coisa, queria muito contar à “su” que tinha feito essa foto mas, na verdade tinha muito receio de o fazer, da sua reacção, de poder com isso comprometer toda a nossa relação. passei grande parte da noite a pensar no assunto e só adormeci altas horas da madrugada.

sinto-me: nem sei
banda sonora: pedro khima – dá-me sede
publicado por diariodeumamulhermadura às 09:02

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 12 de Março de 2009

o que não é afinal pornografia?

dada a actual “dúvida existêncial”, prestes a terminar, questionei-me acerca do que seria na verdade pornografia. procurei respostas e descobri que segundo os dicionários mais actuais, a palavra pornografia provem do grego pórne (que significa prostituta) + gráphein (que significa descrever). fiquei assim a saber que pornografia é o acto de descrever (ou representar graficamente) uma prostituta.

 

então, mas se assim é, o que afinal uma prostituta?

 

os mesmos dicionários revelam que uma prostituta é um meretriz; uma mulher que pratica a prostituição; uma rameira.

 

certo, mas então se prostituta é a mulher que pratica a prostituição, o que é afinal considerado prostituição?

 

e prostituição é nada mais nada menos do que uma palavra de origem latina que se refere ao acto ou efeito de prostituir ou seja, praticar a libertinagem.

 

libertinagem?

 

então mas libertinagem não é o mesmo que devassidão, que significa ter uma vida de libertino e já agora, o que é um libertino?

 

do lat.  libertinu, filho de liberto, devasso; dissoluto; desregrado; lascivo; ímpio.

 

assim sendo, fiquei não só a saber que prostituição é um acto praticado por alguém que é desregrado mas que esse alguém é filho de liberto, ou seja, masculino, além de que é um acto ou efeito de desmoralizar, ou seja, tornar imoral, isto é,

violar os princípios da moral vigente; impuro. mas uma coisa impura é uma coisa que não é pura, isto é que tem mistura ou que não é virginal. e não ser virginal quer dizer somente que não é virgem.

 

então, tudo isto que dizer que prostituição é um acto praticado por alguém que não é virgem ou seja, que não é integro nem inocente e se não é inocente quer dizer que tem malícia ou seja, alguém que tem mau carácter ou mau temperamento.

 

resumindo tudo isto, temos que: pornografia é a descrição de um acto praticado por alguém que tem mau carácter ou mau temperamento.

 

mas calma, é que pornografia também é a representação (por escritos, desenhos, pinturas, filmes ou fotografias) de cenas ou objectos obscenos destinados a serem apresentados a um público e, do latim obscenu é alguém contrário à decência ou ao pudor, por assim dizer é alguém impuro e isso já sabemos onde nos leva.

 

afinal, pergunto-me, o que é que não é pornografia?

 

alguém me saberá responder?

 

 

sinto-me: confusa
banda sonora: joão pedro pais - um "volto já"
publicado por diariodeumamulhermadura às 10:33

link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Quarta-feira, 4 de Março de 2009

posições

há posições e posições, há posições que excitam, há posições que transmitem sensações. a nossa postura, a nossa maneira de ser, tudo isto, dizem, pode ser visto pela forma como nos posicionamos. mas porque será que há posições que nos transportam, que nos fazem sonhar, que nos deixam fora de nós?

 

daquilo que conheço dos homens, e também de algumas mulheres, há as posições e a senhora das posições, a “de quatro”, “de gatas”, porque será minha gente, porque será? será que afinal não passamos mesmo de animais e no sexo perdemos a casca da racionalidade e mostramos quão irracionais ainda somos?

 

muitas perguntas, nenhuma resposta.

sinto-me: interrogativa
banda sonora: jennifer lopez - waiting for tonight
publicado por diariodeumamulhermadura às 10:51

link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Sábado, 1 de Novembro de 2008

“dúvidas existênciais” especial – objectos de prazer

motivada por algo a que acabei neste preciso momento de assistir, e que de certa forma me “chocou” (se é que isso ainda é possivel), venho aqui colocar uma questão.

 

esta é uma edição especial das minhas célebres “dúvidas existênciais” que costumam ser perguntas com resposta de escolha múltipla e em local próprio para o efeito, mas dada a especificidade do tema esta é uma questão que exigirá de quem decidir participar uma resposta escrita por comentário nesta página.

 

e aqui vai a pergunta:

 

qual foi o objecto mais “bizarro” que já usou (ou já viu usar) com o objectivo de obter prazer sexual?

 

 

se querem saber o que motivou esta pergunta, estejam atentos a quando da análise das vossas respostas.

 

obrigada e boa noite,

 

mm

sinto-me: assim
banda sonora: sugarleaf - everything is so confusing
publicado por diariodeumamulhermadura às 01:49

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Quarta-feira, 8 de Outubro de 2008

fantasias proibidas – os resultados finais

afinal parece que há mais que, como eu, têm “sonhos” onde o patronato está presente e em força, porque será?

 

questiono-me igualmente porque será que o pessoal mais “velho” tira vantagem nas fantasias, será pela experiência?

 

como vêm, parece que tenho o final de uma dúvida e também o inicio de muitas outras.

 fantasias proibidas

obrigado a todos pelas participações e contribuição para este esclarecimento.

 

sinto-me: parcialmente esclarecida
banda sonora: natalie imbruglia - shiver
publicado por diariodeumamulhermadura às 11:12

link do post | comentar | favorito
Sábado, 13 de Setembro de 2008

depilação ou sadomasoquismo caseiro?

aproveitando a oportunidade, cada vez mais rara, de nos encontrarmos resolvi aceitar o convite da “su” para sairmos, não fomos para nenhuma saída nocturna que essas andam ainda mais escassas mas ela foi visitar uma amiga e eu aproveitei a boleia para sair de casa e fui com ela. não fomos muito longe, apenas alguns quilometros e pouco mais de 45 minutos nos separaram do destino. durante a viagem o tema de conversa só podia ser um, a recente aventura em que nos metemos no diário.

 

nos últimos dias não tinha tido muito tempo para lhe dedicar uma vez que o trabalho tem sido muito mas sempre foi dando para responder a uma ou outra solicitação, ela estava “em pulgas”, queria saber quantas vezes já mandei a foto dela e quais as reacções, mas, acima de tudo, qual tem sido a reacção dos leitores/as ao desafio e a conversa por aí foi durante a viagem.

 

tinha marcado encontro com a amiga num pequeno shopping da cidade, o w (passe-se a publicidade mas os leitores às vezes pedem-me para contextualizar mais as coisas) e facilmente demos com ela. era uma miúda que aparentava ser uns anitos mais nova que nós e tinha a particularidade de apesar de ser visivelmente de origem africana tinha uns enormes e lindos olhos verdes, apresentamo-nos e fomos conversando, pelo que percebi ela deve ser gerente de alguma loja no tal shopping mas confesso que estava a prestar mais atenção aos olhos dela do que à conversa ;)

 

a certa altura a “su” começou a ficar irrequieta e a amiga perguntou-lhe – então, que é que passa, estás com comichões? não consegui conter-me e ri, a “su” entre coçadelas discretas lá se riu também e disse, por acaso estou, sabes lá, pus-me a brincar às depilações agora nas férias e agora aguento as consequências! – dizia ela. rimos todas a bom rir, tentei animá-la dizendo-lhe – é só agora, se te habituares, isso com o tempo nem sentes mais! – pois, e é por tua culpa, só me dás ideias destas! rimos novamente as 3. e foi então que a amiga da “su” se revelou – mas olha lá, tu fazes isso com o quê? não me digas que usaste lâmina? – não, não, esta tonta convenceu-me a fazer com cera! – apontando para mim. ah, menos mal, mas olha, porque é que não experimentas com a depiladora.

 

:x deu-se um enorme compasso de espera quebrado pela “su” – com o quê? com a depiladora? que depiladora? a das pernas? – sim, disse ela com a maior das naturalidades – tu só podes estar louca! como é que é possivel? eu até nas pernas dou saltos quando uso aquilo imagino aqui, acho que tu não percebeste bem, eu não me estou a quiexar das virilhas ou algo assim, eu desta vez fiz a ratinha toda! – sim, eu sei! eu percebi perfeitamente, eu também faço! – fazes? – sim, faço, porquê, achas que és única, não? eu sempre detestei pêlos e desde muito nova que sempre fiz de há uns anos para cá comecei a usar a depiladora, as primeiras vezes doeu um bocadinho, mas depois tens a vantagem que não precisas deixar que eles cresçam muito para fazer com a cera, fazes logo e vais fazendo à medida que eles vão crescendo, e como eles não crescem todos ao mesmo tempo assim nunca são tantos para fazer!

 

ficamos as duas boquiabertas de espanto com aquela lição de depilação dada por aquela miúda numa fase em que ambas nos julgavamos já doutoradas no assunto. mas ela ainda rematou o assunto – assim andas sempre limpa e lisa e não tens essas comições dos pêlos quando começam a nascer, acredita, eu já não mudo!

voltamos de lá já tarde, acabamos por levá-la a casa e na viagem de volta a conversa tinha mudado, esquecemos, por momentos, o diário e apenas pensavamos “será possivel?”.

 

confesso que apesar da explicação ter sido muito pormenorizada a vontade de experimentar é mínima, diria mais, ínfima, já a “su”, passou-lhe logo a coceira.

sinto-me: com sono
banda sonora: classificados - um segredo fechado
publicado por diariodeumamulhermadura às 02:55

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Terça-feira, 2 de Setembro de 2008

masturbação – fim de mais uma dúvida existencial, será?

não sei se já repararam mais a “sondagem” do diário mudou e, como tal, resolvi também acabar com a “duvida existencial” anterior da qual exponho agora os resultados.

 

 

resultados

como quase sempre algumas curiosidades e até surpresas, antes de mais pelo vencedor, pois 26,4% dos inquiridos afirmam masturbar-se “sempre que podem” o que tem sempre que se lhe diga ;). por outro lado a segunda opção mais votada com 19,7% dos votos é a opção “uma vez por outra” o que leva a dizer que os meus leitores são quase do 8 e do 80 ;).

curioso também, e dentro do assunto 8 ou 80, é constactar que as opções “várias vezes ao dia” e “nunca” estão apenas separadas na tabela por uns meros 1,3% de diferença com a primeira opção a levar vantagem.

por ultimo e por uma larga vantagem ficou a opção “uma vez por mês”, ou seja, pelo menos ficamos a saber que pouca gente opta pela masturbação “estilo menstruação” (como diz a “su”) ;)

estas são as minhas conclusões, se quiserem, tirem as vossas. não se esqueçam que há uma “duvida” nova e quentinha, participem! ;)

 

sinto-me: sonolenta
banda sonora: one republic - stop and stair
publicado por diariodeumamulhermadura às 12:17

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 1 de Setembro de 2008

revistas e descanso... ou nem tanto

segundo dia de férias ou melhor deverei dizer, quase-férias, o mesmo para fazer que no anterior, ou seja, nada! a praia continuava pouco ou nada agradável para ir a banhos mas achei que pelo menos daria para apanhar um arzinho, pelo caminho parei num quiosque e comprei uma daquelas revistas à “su” mas que é o que apetece ler quando não estamos com a mínima atenção e disponibilidade mental (atenção amiga que não te estou a chamar burra).

sentada ao sol, se bem que vestida pois ainda não tinha tido coragem para me despir com aquele fresquinho todo, comecei a folhear a dita revista despreocupadamente e sem grande interesse lendo apenas as “gordas” e vendo as fotos ;) até que... algo que despertou de súbito o interesse. tirei os óculos de sol e coloquei-os na cabeça para ver e ler bem aquilo que estava naquele artigo sobre as novidades “hi-tec” para senhoras, ou como dizia o título “lady’s new gadget”.

o artigo era sobre um tal de “ohmibod”. e o que é o “ohmibod” para quem, como eu, nunca tinha ouvido falar dele, é uma espécie de acessório para usar com o ipod, mas não é apenas mais um acessório para o ipod, é o acessório que nos faz literalmente vibrar de prazer. já lá chegaram? eu explico, é um vibrador (nem mais nem menos) que se conecta ao mais comum dos ipod e que nos faz vibrar ao ritmo das nossas playlists, nada mais a propósito depois do dia que tinha tido e das descobertas que tinha feito, mas a minha primeira reacção foi mesmo – isto existe? parece que sim, existe mesmo e segundo o artigo tem feito sucesso pelo mundo, ao que dizem, até quem não era grande fã de música ritmada passou a possuir no seu ipod um conjunto de faixas tecno e outras que tal, parece que quanto mais “batida” tiver, melhor! ;)

realmente há coisas que parece que nos aparecem aos olhos de propósito, já sei o que comprar quando voltar a ir de férias, não vá a coisa repetir-se como este ano. ;)

e porque o diário também é serviço à comunidade ;) as interessadas poderão consultar aqui o site mais novo “amiguinho” do ipod ou nosso. fico à espera de feedback de alguém que já tenha experimentado e me queira contar que tal é ;)

sinto-me: curiosa
banda sonora: lulla bye - a bigger plan
publicado por diariodeumamulhermadura às 09:40

link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Sexta-feira, 27 de Junho de 2008

primeiras dúvidas existenciais – resultados

porque também chegou a horas delas se “irem” aqui deixo os resultados (para quem tiver interesse) desta espécie de sondagem de opinião levada a cabo por este diário. o meu muito obrigado a todos quantos participaram com o seu voto contribuindo para clarificar algumas coisas acerca da nossa sociedade e da forma como encaramos certos pormenores da nossa intimidade.

quanto às fotografias creio que já perceberam que se foram também, achei que estavam a desvirtuar um pouco a lógica do diário e “perdia” imenso tempo à procura de material adequado para contextualizar as situações. da ajuda que pedi aos leitores deste espaço nem uma contribuição tive.

próximas páginas do diário, por aí virão, a seu tempo. decidi não parar de o escrever até que haja alguém que me queira ler, até porque “desistir” é uma palavra que não encontro no meu dicionário.

beijinhos a todos.

mm

 

sinto-me: cansada
banda sonora: duffy - mercy
publicado por diariodeumamulhermadura às 08:38

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

perfil

Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

dúvidas existenciais

fantasias sexuais ja realizadas
sexo anal
sexo bi-sexual
sexo com 2 mulheres ou 2 homens
sexo com 1 casal
masturbacao em grupo (homens)
masturbacao em grupo (mulheres)
sexo em grupo
swing (troca de parceiros)
sexo em locais publicos
sexo na internet (webcam)
sexo com assistencia
gravar sexo em video
fotografar durante sexo
dupla penetracao
mulher com mais de 2 homens
homem com mais de 2 mulheres
sexo com desconhecido(a)
sexo com prestador de servicos (carteiro, canalizador, pizzaboy, etc)
sexo com animais
sexo com objectos bizarros
sexo com objectos sexuais volumosos
  
pollcode.com free polls
vestida para seduzir
calca e blusa bem justinha
calcao e top com muita lycra
mini-saia
decote generoso
lingerie e saltos altos
com a roupa que viemos ao mundo
a roupa nao importa, o olhar e fatal
  
pollcode.com free polls
quem le este diario? parte 1
homem
mulher
casal
grupo de amigos
grupo de amigas
  
pollcode.com free polls
quem le este diario? parte 2
menor de 18 anos
de 18 a 25 anos
de 26 a 35 anos
de 36 a 45 anos
de 46 a 55 anos
mais de 55 anos
  
pollcode.com free polls

posts recentes

aí estão novas revelações

mini-férias escaldantes –...

o que não é afinal pornog...

posições

“dúvidas existênciais” es...

fantasias proibidas – os ...

depilação ou sadomasoquis...

masturbação – fim de mais...

revistas e descanso... ou...

primeiras dúvidas existen...

leitores do diário

Offshore Jones Act
Offshore Jones Act Counter

arquivos

Julho 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

pesquisar

 

leitores online

Users Online

segredos do diário

prémios do diário

Photobucket
blogs SAPO

subscrever feeds