Quarta-feira, 8 de Abril de 2009

fechando mais uma "dúvida" - costuma ver pornografia?

estas foram as respostas:

 

não, nunca

 5%

 

de vez em quando

 31%

 

muito raramente

 6%

 

frequentemente

 29%

 

muitas vezes

 18%

 

sempre

 12%

 

 

sinto-me: esclarecida
publicado por diariodeumamulhermadura às 10:54

link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De angel13 a 8 de Abril de 2009 às 15:53
Duvido que a´sua dúvida esteja fechada!!!!!???!!!! Naíf!
De diariodeumamulhermadura a 14 de Abril de 2009 às 02:24
da mesma forma que eu dúvido que o/a leitor/a saiba ler. tente talvez um outro blog com mais desenhos ou figurinhas, talvez seja mais facil de compreeender.
De Paramais a 13 de Abril de 2009 às 21:34
Costuma-se dizer que as estatísticas mais enganosas são aquelas sobre economia e sobre sexo. Ultimamente, creio mesmo que as sobre economia suplantaram as sobre sexo, mas pronto...

É sempre "complicado" fechar uma dúvida quando ela recai sobre estes assuntos, lol.
Pessoalmente (eu, Miguel) faço parte dos 31%... dos que responderam "de vez em quando". E é a verdade.
Contudo, se mo perguntasses há 15 anos atrás responderia "frequentemente".
Há várias razões para isso, mas principalmente duas.

Primeiro:
Antes da Internet, os clubes de vídeo tinham umas "caixinhas descaracterizadas" para quem queria alugar uma "marotice". Ainda assim, alugar um vídeo porno obrigava a algum jogo de cintura ou a criar algum "à vontade". Antes disso então, a coisa limitava-se à revista que se comprava à socapa num quiosque anónimo ou aos "super-8" espanhóis para os mais abonados. E era uma frisson ter qualquer destas coisas em casa. Ou seja, ver pornografia deixou de ter qualquer elemento de risco, lol. Perdeu alguma da sua pitada de proibido. Há quem já nem considere "consumir pornografia" o vulgar tropeçar num desses biliões (triliões??) de clips que por aí pululam.

Segundo:
Muito provavelmente fruto desta massificação é o facto de... actualmente, a grande maioria da pornografia que rola por aí nada "dever à imaginação".
Há uma fórmula, mais que velha e esgotada, que continua a ser repetida até à exaustão. No chamado "Soft-porno" então, é exasperante.
Daí que... para muita gente, a pornografia é algo que se vê "de vez em quando", senão mesmo "raramente".

Portanto... a tua estatística tanto pode estar falseada, como poderá (por exemplo) reflectir a acção destes dois pontos, entre outros.
Eu inclino-me mais para o segundo caso, porque afinal, a diferença entre o "frequentemente" e o "de vez em quando" são apenas 2% (nada demais).

comentar post

perfil

Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

quando até o porno corre ...

não morri, não fugi, ando...

Cartas dos leitores - Um ...

ainda há coisas boas na v...

troca de sms – o “x” tânt...

a sauna (pouco) privativa

concurso do “diário” – dá...

cartas dos leitores - bar...

triângulo inesperado

a volta de férias da lore...

arquivos

Julho 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

pesquisar

 

segredos do diário

blogs SAPO

subscrever feeds