Quinta-feira, 12 de Março de 2009

o que não é afinal pornografia?

dada a actual “dúvida existêncial”, prestes a terminar, questionei-me acerca do que seria na verdade pornografia. procurei respostas e descobri que segundo os dicionários mais actuais, a palavra pornografia provem do grego pórne (que significa prostituta) + gráphein (que significa descrever). fiquei assim a saber que pornografia é o acto de descrever (ou representar graficamente) uma prostituta.

 

então, mas se assim é, o que afinal uma prostituta?

 

os mesmos dicionários revelam que uma prostituta é um meretriz; uma mulher que pratica a prostituição; uma rameira.

 

certo, mas então se prostituta é a mulher que pratica a prostituição, o que é afinal considerado prostituição?

 

e prostituição é nada mais nada menos do que uma palavra de origem latina que se refere ao acto ou efeito de prostituir ou seja, praticar a libertinagem.

 

libertinagem?

 

então mas libertinagem não é o mesmo que devassidão, que significa ter uma vida de libertino e já agora, o que é um libertino?

 

do lat.  libertinu, filho de liberto, devasso; dissoluto; desregrado; lascivo; ímpio.

 

assim sendo, fiquei não só a saber que prostituição é um acto praticado por alguém que é desregrado mas que esse alguém é filho de liberto, ou seja, masculino, além de que é um acto ou efeito de desmoralizar, ou seja, tornar imoral, isto é,

violar os princípios da moral vigente; impuro. mas uma coisa impura é uma coisa que não é pura, isto é que tem mistura ou que não é virginal. e não ser virginal quer dizer somente que não é virgem.

 

então, tudo isto que dizer que prostituição é um acto praticado por alguém que não é virgem ou seja, que não é integro nem inocente e se não é inocente quer dizer que tem malícia ou seja, alguém que tem mau carácter ou mau temperamento.

 

resumindo tudo isto, temos que: pornografia é a descrição de um acto praticado por alguém que tem mau carácter ou mau temperamento.

 

mas calma, é que pornografia também é a representação (por escritos, desenhos, pinturas, filmes ou fotografias) de cenas ou objectos obscenos destinados a serem apresentados a um público e, do latim obscenu é alguém contrário à decência ou ao pudor, por assim dizer é alguém impuro e isso já sabemos onde nos leva.

 

afinal, pergunto-me, o que é que não é pornografia?

 

alguém me saberá responder?

 

 

sinto-me: confusa
banda sonora: joão pedro pais - um "volto já"
publicado por diariodeumamulhermadura às 10:33

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


perfil

Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

quando até o porno corre ...

não morri, não fugi, ando...

Cartas dos leitores - Um ...

ainda há coisas boas na v...

troca de sms – o “x” tânt...

a sauna (pouco) privativa

concurso do “diário” – dá...

cartas dos leitores - bar...

triângulo inesperado

a volta de férias da lore...

arquivos

Julho 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

pesquisar

 

segredos do diário

blogs SAPO

subscrever feeds