Quarta-feira, 4 de Junho de 2008

sexo e virgindade – até que idade?

li no outro dia um post num blog de uma “amiga” (que não conheço) que falava sobre sexo, sobre virgindade e sobre o facto de a ter “perdido” aos 14 anos e de como isso influenciou a vida dela. o assunto tocou-me bastante pois para quem me lê deve imaginar que devo ter sido uma das miúdas “assanhadas” que aos 12 anos já andam atrás dos rapazes (mais velhos) em busca de algo que nem sequer sabem muito bem o que é. pois não podiam estar mais errados. a verdade é que tive a minha primeira relação sexual cerca dos 20 anos de idade não porque não tenha tido oportunidades antes e muito menos porque tivesse alguma meta ou reserva mental a esse respeito. fi-lo quando achei que era o momento certo, quanto tive vontade de o fazer, quando o meu corpo mo pediu e quando assim é podemos afirmar com alguma certeza que era o “momento certo”.

tinha muitas colegas de escola que já uns bons anos antes saltavam em cima dos namorados e tremiam cada vez que a menstruação atrasava e que suspeitavam que poderiam estar grávidas. acho que foi esse o meu grande ensinamento, aprendi convivendo com quem fazia muitas asneiras, com quem convivia com o sexo como algo que se tem que fazer porque assim os rapazes não nos trocam por outras. convivi com pessoas que faziam broches a metade da escola porque sim mas faziam-nos com preservativo pois tinham nojo de tocar com a boca no pénis. tudo isso me parecia tão errado, tão estúpido, tão ignorante e, talvez por isso, nunca o fiz.

o sexo tem cheiro, tem sabor, é assim que é a realidade para quem sabe dela desfrutar plenamente. quem tiver nojo de chupar um pénis pois que não o chupe, tal como quem tiver nojo de lamber uma ratinha que o não faça. há alguma sensação melhor que a de nos sentirmos livres, realmente livres, de fazermos o que nos sabe bem sem sermos forçados a nada? para mim não há! e é esse pensamento e essa sensação que quero sempre transportar para o sexo.

se a “virgindade” é um estado que devemos abandonar quando sentimos que é o momento certo o mesmo se aplica na hora de parar. qual é a idade de parar de ter relações sexuais, alguém sabe? 40? 50? 70? 90? para mim é quando deixar de me sentir bem fazendo-o, quando deixar de ter prazer com o sexo, aí é a hora certa para parar. tal como quando deixar de ter prazer em viver é a hora certa para morrer! sei que é polémico, eu sei, eu sou assim!

vi igualmente num programa de televisão uma “avozinha” alemã que do alto dos seus 80 e tal anos dizia que adorava ter relações sexuais, que ainda sentia prazer nisso, não como quando tinha 20 anos mas que sentia. o marido, um senhor da mesma idade, já não ia lá nem com vigaras mas adorava que ela o tocasse e acariciasse. ambos há uns anos atrás tinham decidido comprar um “dildo” para que a esposa continuasse a ter prazer vaginal e ambos viviam felizes com a situação. é assim que eu quero ser! pois se tive alguns anos de atraso em relação às minhas colegas de escola, hoje, acredito que estou quilómetros à frente delas, em prazer e em satisfação pessoal.

eu, sou assim, e sou feliz!

 

sinto-me: pensativa
banda sonora: hands on approach - let's be in love
publicado por diariodeumamulhermadura às 05:00

link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Mademoiselle Butterfly a 4 de Junho de 2008 às 11:47
Não podia deixar de concordar mais contigo! Com o tempo fui aprendendo que não é o sexo que faz com eles não nos fujam...Se alguém gostar de nós mesmo, esperará o tempo que for preciso e jamais nos obrigará a fazer nada com que não sintamos à vontade. Porém só aprendi isto uns aninhos depois de ter perdido a virgindade
De Dolores a 4 de Junho de 2008 às 13:43
Olá.
Descobri agora o blog e tenho o pressentimento que vou passar a vir cá mais vezes.

Eu nunca tive grandes problemas quando se falava de virgindade e sexo e afins.
Também tive amigas que me falavam de isto e daquilo e eu não podia dar menos importância ao que diziam. Não tinham paixão.
Tenho amigas virgens, e amigas que já iniciaram a sua vida sexual. E consigo dizer que aquelas que ainda são virgem vão ter experiências muito mais agradáveis do que aquelas que fazem só por fazer, sem sabendo muito bem como.
Eu também perdi a minha virgindade cedo, aos 15. Mas foi com uma pessoa que gostava muito, e já namorávamos há algum tempo.
Não me arrependo de nada.

Sexo é para ser feito quando se estiver preparado, independentemente da idade.

Beijinhos.
De shibumi a 4 de Junho de 2008 às 23:32
Vamos l á esclarecer o seguinte: um blog, uma msg , algo deixado ao acaso est á sujeito ao comentário. À imaginação de cada um á liberdade da interpretação . Não adianta impor regras, linhas pudicas , ou até consumar o livre arbítrio, a verdade é que esta liberdade impõe uma resposta. Nem sempre a esperada, nem sempre a mais educada mas, a génese deste contrato assim o exige. As regras são claras e simples: quem quer brincar, não pode arbitrar o jogo e sair ou parar quando quer, só quando o jogo acabar. de outra forma isto torna-se banal, boçal e até enfadonho. A coragem de quem aderiu é proporcional ao poder de encaixe, á capacidade de manter vivo o diálogo. Não faz sentido a castração pois de outra forma, dá vontade de sair, fugir pois isto, não é nada e nada, não interessa.

Alguém desapontado e sem livro de reclamações
Nem tuza medá mais

Shibumi
De Marta a 5 de Junho de 2008 às 12:01
Hoje vejo o quanto as tuas palavras estão certas, é assim que eu penso, a nossa liberdade de escolha acima de tudo, faço o que quero, quando quero e da forma que quero, falando de sexo ou de outro assunto qualquer, é uma forma de viver! Já basta as ocasiões em que não podemos ser assim, em que temos que engolir sapos e baixar um pouco a cabeça. Tive pena que na minha pré adolescência não consegui-se alcançar esta verdade tão simples, mas muito importante na nossa vida.
Fico contente que o meu post te tenha de alguma forma inspirado.

Beijinhos

comentar post

perfil

Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

dúvidas existenciais

fantasias sexuais ja realizadas
sexo anal
sexo bi-sexual
sexo com 2 mulheres ou 2 homens
sexo com 1 casal
masturbacao em grupo (homens)
masturbacao em grupo (mulheres)
sexo em grupo
swing (troca de parceiros)
sexo em locais publicos
sexo na internet (webcam)
sexo com assistencia
gravar sexo em video
fotografar durante sexo
dupla penetracao
mulher com mais de 2 homens
homem com mais de 2 mulheres
sexo com desconhecido(a)
sexo com prestador de servicos (carteiro, canalizador, pizzaboy, etc)
sexo com animais
sexo com objectos bizarros
sexo com objectos sexuais volumosos
  
pollcode.com free polls
vestida para seduzir
calca e blusa bem justinha
calcao e top com muita lycra
mini-saia
decote generoso
lingerie e saltos altos
com a roupa que viemos ao mundo
a roupa nao importa, o olhar e fatal
  
pollcode.com free polls
quem le este diario? parte 1
homem
mulher
casal
grupo de amigos
grupo de amigas
  
pollcode.com free polls
quem le este diario? parte 2
menor de 18 anos
de 18 a 25 anos
de 26 a 35 anos
de 36 a 45 anos
de 46 a 55 anos
mais de 55 anos
  
pollcode.com free polls

posts recentes

quando até o porno corre ...

não morri, não fugi, ando...

Cartas dos leitores - Um ...

ainda há coisas boas na v...

troca de sms – o “x” tânt...

a sauna (pouco) privativa

concurso do “diário” – dá...

cartas dos leitores - bar...

triângulo inesperado

a volta de férias da lore...

leitores do diário

Offshore Jones Act
Offshore Jones Act Counter

arquivos

Julho 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

pesquisar

 

leitores online

Users Online

segredos do diário

prémios do diário

Photobucket
blogs SAPO

subscrever feeds