Quinta-feira, 16 de Julho de 2009

outros diários – partilha com partilha se paga

uma leitora dos arredores de lisboa resolveu partilhar comigo e, consequentemente, com todos vós, uma página do seu próprio diário. diz ela que “amor com amor se paga” ou neste caso “partilha com partilha se paga” e assim resolveu contar-nos um pormenor da sua vida pessoal e sentimental que aconteceu há cerca de 5 anos.

diz então no e-mail que me enviou: (…) eu já paguei por sexo é verdade e não tenho vergonha de admitir. foi numa altura difícil da minha vida, o meu marido foi trabalhar para fora do país por necessidades de dinheiro e eu fiquei cá sozinha, estou nos quarentas e nunca tive filhos e numa noite de vontades resolvi fazer o que nunca fiz antes, pus os palitos no meu marido. foi com um miúdo dos seus desasseis ou desassete anos vizinho lá do prédio e ao contrário da minha amiga esta minha experiencia com um pretito foi do melhor que já tive. fingi que a televisão estava desprogramada e toquei à minha vizinha à procura do filho dela eram umas nove da noite. o filho prestou-se a ajudar-me a sintonizar o canal que não estava bom. era o sexyhot aquele canal pornográfico da tv por cabo que o meu marido assinava e gostava de ver para se excitar antes de irmos para a cama nas noites em que havia festa. ele consertou aquilo em menos de 2 minutos e ficou a ver-se lindamente. assustou-se quando viu a imagem como se tivesse feito algo errado mas disse-lhe para ter calma que era mesmo esse canal que não estava a funcionar. perguntei-lhe se gostava de ver mas ele não respondeu, ficou calado e quase branco. puxei-o para o sofá e disse-lhe uma vez mais para ver um bocadinho comigo só para ver se estava tudo bem e não voltava a falhar o canal e depois disse que parecia estar tudo bem e perguntei mais uma vez se ele gostava daquilo ele num sorriso meio tímido disse que sim e eu abrindo as pernas na frente dele disse-lhe e disto gostas? ele ficou branco de novo mas disse-lhe para ele não ter medo, peguei na mão dele e meti-a na minha cona já molhada, sentia-o a ficar excitado e não o larguei mais, comecei a despir-lhe as calças e a sentir-lhe o pau duro dentro delas, puxei-as ate a baixo e sem dizer mais nada tirei-lhe o pau para fora das cuecas e comecei a chupá-lo com força, gostas? perguntava-lhe? queres mais? ele só dizia que sim com a cabeça e pouco depois tentou afastar-me a cabeça porque se ia vir, não deixei e como pude continuei até sentir a esporra quente na minha boca. enquanto ele recuperava as forças tirei a saia e as cuecas e comecei novamente a tocar-lhe até o sentir ficar rijo. tinha uma pauzão enorme e grosso o maior que já tinha visto na vida. quando já estava bem duro de novo sentei-me em cima dele e enfiei a muito custo aquele pau todo na cona, não estava mesmo habituada a barrotes daquele tamanho, senti-me cheia daquele chouriço preto e comecei a montá-lo com força, tava cheia de tesão e aquele broche só me deixou a cona ainda mais quente. montei-o um bom tempo até que me satisfiz, ele também estava quase lá e enfiando o pau dele no meio das minhas mamas fiz o resto até acabar. dei-lhe uma toalha para se limpar e antes dele sair peguei em duas notas de vinte dobradinhas e meti-as no bolso dele dizendo obrigada pelos serviços. foi a única vez que meti os palitos ao meu marido e depois dessa noite nunca mais tive nada com ele mas valeu pela primeira e única vez, foram os quarenta euros mais bem gastos que já tive (…)

e que dizer perante esta pérola da nossa amiga?

eu estou sem palavras, digam vocês de vossa justiça!

sinto-me: como já disse
publicado por diariodeumamulhermadura às 11:43

link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De parcifal a 16 de Julho de 2009 às 12:21
Só posso aplaudir o gesto porque somos todos humanos e quem falar mal disso só pode ser hipócrito. Quem não já fez algo semelhante ou pensei em fazer? Quem não se masturbou já a pensar na vizinha ou colega do emprego? Todos nós temos as nossas necessidades que nos faz sonhar e fazer de modo satisfazer as necessidades. Não vejo nada de mal naquilo que ela fez, antes pelo contrário.Eu acho que todas as pessoas andavam com uma cara bem mais contente se fizessem a mesma coisa, fizessem amor com mais frequencia, sem olhar para religião, tabus ou preconceitos. Estes 3 só trazem infelicidades. Basta olhar em volta para ver que tenho razão. bjs - Fred
De Armando Correia a 16 de Julho de 2009 às 13:24
O rapazito foi logo comprar caramelos!!!!!!
De cavalera13 a 16 de Julho de 2009 às 13:53
Só posso dizer uma coisa!!!
É um bom exemplo para as tuas explicações particulares!!!
De A.S. a 16 de Julho de 2009 às 14:17
Pois eu estou babado com a história. Bela partilha que desde já agradeço á tua leitora. Só um pormenor, a palavra "palitos" não deveria ser usada pois não foi verdadeiramente uma traição, foi antes de mais um acto de puro sexo para satisfação e mais nada. Não sei se o marido soubesse como reagiria.
Concordo que ai tens umas boas dicas para as tuas explicações, ou já acabaram?
Keep going
Bjs ge h onde mais desejares
A.S.
De Alberto (luso) a 16 de Julho de 2009 às 21:35
Gosto do verbo partilhar! E aqui tivemos um rapazito cheio de sorte!
Haverá mais algum ?
De Zé Fodinhas a 22 de Julho de 2009 às 11:13
Vê lá s 1 preto n te xegar arranja-se 2 ou 3 mh vaca
De Tiago a 12 de Agosto de 2009 às 11:20
Já leio o seu blog ha algum tempo, e creiop nunca ter comentado! Queria apenas dar-lhe os parabéns pela forma aberta e directa como consegue abordar os temas e pelos momentos que me proporciona.

Parabéns e boa continuação

comentar post

perfil

Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

dúvidas existenciais

fantasias sexuais ja realizadas
sexo anal
sexo bi-sexual
sexo com 2 mulheres ou 2 homens
sexo com 1 casal
masturbacao em grupo (homens)
masturbacao em grupo (mulheres)
sexo em grupo
swing (troca de parceiros)
sexo em locais publicos
sexo na internet (webcam)
sexo com assistencia
gravar sexo em video
fotografar durante sexo
dupla penetracao
mulher com mais de 2 homens
homem com mais de 2 mulheres
sexo com desconhecido(a)
sexo com prestador de servicos (carteiro, canalizador, pizzaboy, etc)
sexo com animais
sexo com objectos bizarros
sexo com objectos sexuais volumosos
  
pollcode.com free polls
vestida para seduzir
calca e blusa bem justinha
calcao e top com muita lycra
mini-saia
decote generoso
lingerie e saltos altos
com a roupa que viemos ao mundo
a roupa nao importa, o olhar e fatal
  
pollcode.com free polls
quem le este diario? parte 1
homem
mulher
casal
grupo de amigos
grupo de amigas
  
pollcode.com free polls
quem le este diario? parte 2
menor de 18 anos
de 18 a 25 anos
de 26 a 35 anos
de 36 a 45 anos
de 46 a 55 anos
mais de 55 anos
  
pollcode.com free polls

posts recentes

quando até o porno corre ...

não morri, não fugi, ando...

Cartas dos leitores - Um ...

ainda há coisas boas na v...

troca de sms – o “x” tânt...

a sauna (pouco) privativa

concurso do “diário” – dá...

cartas dos leitores - bar...

triângulo inesperado

a volta de férias da lore...

leitores do diário

Offshore Jones Act
Offshore Jones Act Counter

arquivos

Julho 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

pesquisar

 

leitores online

Users Online

segredos do diário

prémios do diário

Photobucket
blogs SAPO

subscrever feeds