Terça-feira, 13 de Maio de 2008

experiencias anais

quero contar-vos hoje mais um segredo, ou vários, que mais uma vez surgem das minhas longas conversas com a “su”.

enquanto lia algo semelhante a um estudo numa revista da moda na esplanada há uns dias (e que bem que se estava) a “su” comenta – olha olha, havia de ser bonito! o que é que havia de ser bonito? – perguntei eu. diz aqui que segundo um estudo recente as mulheres europeias têm mudado as suas mentalidades e têm-se dedicado a práticas sexuais mais excêntricas, como exemplo diz que mais de 50% afirma praticar sexo anal regularmente e que uma percentagem significativa diz mesmo que substituiu uma parte do sexo vaginal pelo anal como forma de obtenção de mais prazer e melhor satisfazerem os parceiros.

pois, realmente não sei se concordo muito, vaginal é vaginal. olha lá, e tu? eu o quê? tu, dás muito o cuzinho ou nem por isso?

fogo “su”, estás mesmo directa, é sem vaselina nem nada ;) rimos as duas. por acaso é, nunca usei disso! só óleo johnson para bebé ;) mas conta lá, vá!

oh pá, que é queres que te diga, de vez em quando, lá calha, mas não substituo uma boa “queca” à antiga, é um complemento que muito de vez em quando lá aparece. e gostas? claro! se não, não o fazia não achas? sim, tens razão!

mas olha que nem sempre foi assim, houve alturas que detestava, abominava mesmo. então porquê? olha por causa de um palerma com quem andei na universidade, lembras-te do rui? eina que mal, aquele idiota do cabelinho à freak? sim, esse, foi ele o primeiro que me quis ir ao rabinho. e tu deixaste? fui-me esquivando algumas vezes mas o gajo um dia apanhou-me a jeito e lá lhe fiz a vontade, a verdade é que também estava desejosa de experimentar, mas saiu-me, literalmente, o tiro pela culatra ;) ahahaha, gostei dessa, bem metida. mas porque, foi assim tão mau? o gajo era um palerma, só eu é que parece que não via isso, percebia menos da coisa do que eu, e achava que era chegar ali, mandar duas cuspidelas para o rabo e pimba cá vai disto. bolas, imagino! foi muito má mesmo a experiencia, só dor e mais dor e nada de prazer, e depois o gajo era um bruto do caraças, queria lá saber que eu gritasse ou que o mandasse parar. deu-me cabo do cu todo, literalmente, fudeu-me toda. mas o pior é que fiquei com esse trauma durante imenso tempo e não deixei ninguém sequer aproximar-se.

até um dia! sim até um dia que felizmente dei com aquele do banco, a sério? esse “copinho de leite” foi-te ao rabinho? não posso acreditar nisso. oh oh, se foi, foi excelente, demoramos horas a preparar a coisa, bem lubrificados, com calma, foi-me dilatando e quando o meteu lá dentro tivemos um bom bocado só assim parados até me habituar, depois foi um espectáculo, pela primeira vez senti mesmo prazer no sexo anal e para o final até lhe pedi que se viesse dentro. a serio? bem, o “copinho de leite” saiu-se em grande, já vi. podes crer que sim, muito atencioso e carinhoso, melhor “enrabadela” que já tive ;)

acho que depois já tive outros bons momentos, mas essa ficou-me sempre porque perdi o trauma e passei a saber como desfrutar e quando, porque nem sempre me apetece e quando não apetece nem vale a pena começar.

sim, nem mais, eu também sou assim, mas confesso que apesar de já ter experimentado mais do uma vez ainda não consegui passar do ardor, é uma questão de jeito, teu e dele, lava-te extremamente bem e vai tu por cima e testa até onde te sentes confortável, vais ver que depois de conheceres os cantos à casa a coisa muda de figura;)

olha que esta não estava eu à espera, ter lições de sexo anal tuas, está bem está, o que a vida nos surpreende.

 

sinto-me: rainha do dia
banda sonora: tribalistas - já sei namorar
publicado por diariodeumamulhermadura às 08:06

link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De anjosdopecado a 13 de Maio de 2008 às 16:09
Parabéns pelo blog, pelos textos, pela autenticidade, adorei!!! Sempre há mulheres que falam das suas experiencias sexuais sem tabu!
De diariodeumamulhermadura a 14 de Maio de 2008 às 03:08
obrigada

o diário só faz sentido se tiver que o leia e comente, foi por isso que foi criado. escrever posts sem ter nenhum feedback dá sempre a ideia de que não tiveram qualquer interesse e gera desmotivação para colocar outros.

quanto aos tabus, já os perdi há muito, nem sei bem onde ;) se não os tivermos podemos ser mais nós, mais naturais e logo mais felizes, pelo menos é assim que eu penso.

beiinhos e volta sempre
De Nuno a 13 de Maio de 2008 às 18:52
Olá, tenho vindo a ler o teu blog.
Quero te dizer que devem haver poucas mulheres como tu, sem tabus no que dizes, e que te sabes exprimir bem nos textos que escreves.
Uma pequena abservação, a maior parte das tuas "aventuras", e bem boas por sinal, são sempre na companhia da tua amiga inseparavel "Su", agora pergunto, não tens "aventuras" vividas sem a "Su", não que tenha algo contra, pelo contrario, mas assim sempre podias escrever mais , e nós leitores ficarmos cada vez mais teus admiradores.
Um abraço, deste teu admirador
Nuno
De diariodeumamulhermadura a 14 de Maio de 2008 às 03:05
caro nuno

em primeiro lugar agradeço a visita ao meu pequeno espaço. em segundo lugar, as minhas aventuras nem sempre são vividas com a "su", mas normalmente os assuntos surgem-me de conversas com ela, por isso que aparece tantas vezes.
além disso e como disse no primeiro post foi ela quem me convenceu a passar essas nossas conversas a diário e a blog portanto é normal que lhe preste essa "homenagem".
estou certa que se continuarás a ler e acompanhar o blog verás que nem tudo tem a ver com a "su" e que as experiências são mesmo minhas.

beiinhos e volta sempre

comentar post

perfil

Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

dúvidas existenciais

fantasias sexuais ja realizadas
sexo anal
sexo bi-sexual
sexo com 2 mulheres ou 2 homens
sexo com 1 casal
masturbacao em grupo (homens)
masturbacao em grupo (mulheres)
sexo em grupo
swing (troca de parceiros)
sexo em locais publicos
sexo na internet (webcam)
sexo com assistencia
gravar sexo em video
fotografar durante sexo
dupla penetracao
mulher com mais de 2 homens
homem com mais de 2 mulheres
sexo com desconhecido(a)
sexo com prestador de servicos (carteiro, canalizador, pizzaboy, etc)
sexo com animais
sexo com objectos bizarros
sexo com objectos sexuais volumosos
  
pollcode.com free polls
vestida para seduzir
calca e blusa bem justinha
calcao e top com muita lycra
mini-saia
decote generoso
lingerie e saltos altos
com a roupa que viemos ao mundo
a roupa nao importa, o olhar e fatal
  
pollcode.com free polls
quem le este diario? parte 1
homem
mulher
casal
grupo de amigos
grupo de amigas
  
pollcode.com free polls
quem le este diario? parte 2
menor de 18 anos
de 18 a 25 anos
de 26 a 35 anos
de 36 a 45 anos
de 46 a 55 anos
mais de 55 anos
  
pollcode.com free polls

posts recentes

quando até o porno corre ...

não morri, não fugi, ando...

Cartas dos leitores - Um ...

ainda há coisas boas na v...

troca de sms – o “x” tânt...

a sauna (pouco) privativa

concurso do “diário” – dá...

cartas dos leitores - bar...

triângulo inesperado

a volta de férias da lore...

leitores do diário

Offshore Jones Act
Offshore Jones Act Counter

arquivos

Julho 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

pesquisar

 

leitores online

Users Online

segredos do diário

prémios do diário

Photobucket
blogs SAPO

subscrever feeds